Andrew Milligan / Reuters
Andrew Milligan / Reuters

Uefa promete investigação sobre caso de racismo em Rangers x Slavia Praga pela Liga Europa

Jogadores do Rangers acusaram Kúdela, do Slavia Praha, de ofender Glen Kamara com termos racistas

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de março de 2021 | 18h53

A Uefa confirmou que irá investigar os incidentes ocorridos após a partida entre Rangers e Slavia Praga pela Liga Europa na última quinta-feira. O time tcheco terminou classificado após a vitória por 2 a 0 na Escócia, mas o resultado foi ofuscado por uma confusão generalizada no final da partida, na qual houveram acusações de racismo contra os jogadores do Slavia.

Os jogadores do Rangers e o técnico da equipe, Steven Gerrard, se revoltaram com o zagueiro adversário Ondrej Kudela, que teria sussurrado palavras discriminatórias para o meia finlandês Glen Kamara. O Slavia Praga negou as alegações de racismo e afirmaram que Kamara tentou agredir Kudela no túnel dos vestiários após o fim do jogo.

"A Uefa está ciente de um incidente ocorrido no túnel após o final do jogo e que envolveu alguns jogadores de ambas as equipas. Estamos esperando para receber relatórios detalhados dos árbitros que estiveram presentes no jogo antes de comentarmos mais", afirmou a entidade europeia em comunicado.

Gerrard apoiou o jogador do seu time. "Eu acredito 100% acredito no que Kamara disse em termos de acusação. Outros jogadores ao redor dele ouviram isso. Algo precisa acontecer rapidamente. Isso está acima de mim. Tudo o que posso confirmar é que o meu jogador me disse que sofreu abusos raciais", disse o técnico na entrevista coletiva após a partida.

O Slavia rebateu, afirmando que Kudela foi atacado por Kamara e acusou o time escocês de 'fazer um jogo malicioso sem precedentes' por conta dos dois jogadores do Rangers expulsos na partida, Balogun e Roofe (este último, por acertar o goleiro Ondrej Kolar com a sola da chuteira no rosto, causando um corte de sete centímetros). "Slavia nega veementemente a acusação nojenta de comportamento racista", afirmou a equipe em comunicado.

O Slavia Praga venceu por 2 a 0 na Escócia após empate por 1 a 1 na República Tcheca. Na próxima fase, a equipe enfrentará o Arsenal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.