Antonio Bronic/Reuters
Antonio Bronic/Reuters

Uefa pune Dínamo Zagreb por racismo dos torcedores

A equipe croata também foi multada em 70.250 euros por causa do uso de fogos de artifício

AE-AP, Agência Estado

25 de setembro de 2013 | 15h04

NYON - A Uefa puniu o Dínamo Zagreb por atos racistas de seus torcedores em dois jogos do clube na fase preliminar da Liga dos Campeões da Europa. O time croata - eliminado pelo Austria Viena da competição em que aconteceram os incidentes - terá de jogar com portões fechados contra o holandês PSV Eindhoven, no dia 24 de outubro, em confronto da Liga Europa.

A entidade aceitou as acusações contra torcedores do Dínamo pelas partidas contra Sheriff, disputada em Zagreb, e Austria Viena, no jogo na capital austríaca. A equipe croata também foi multada em 70.250 euros por causa do uso de fogos de artifício e por quatro cartões amarelos e um vermelho na volta do confronto contra o adversário austríaco.

Não é a primeira vez em 2013 que o Dínamo foi penalizado pela mesmo causa. Depois da fase preliminar da atual edição da Liga dos Campeões, em confronto contra o time luxemburguês CS Fola Esch, a Uefa multou o clube croata em 25 mil euros por atos racistas de sua torcida e o obrigou a jogar com parte de um setor de seu estádio fechado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.