Uefa pune três clubes por racismo de torcedores

Slovan Bratislava, Dínamo Moscou e Ruch Chorzow deverão atuar com portões fechados na próxima semana pela Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

15 de agosto de 2014 | 09h38

A Uefa anunciou nesta sexta-feira que puniu três clubes, todos eles do Leste Europeu, pelo comportamento racista de torcedores durante partidas da Liga dos Campeões da Europa e da Liga Europa no mês passado. A entidade explicou que o Slovan Bratislava, o Dínamo Moscou e o Ruch Chorzow devem atuar com setores dos seus estádios fechados em jogos como mandante na próxima semana.

Na próxima quarta-feira, o Slovan vai receber o BATE Borisov no duelo de ida dos playoffs da Liga dos Campeões. Atual campeão eslovaco, o clube foi punido por incidentes em partida em casa contra o Sheriff, da Moldávia.

Na Liga Europa, o Dínamo foi punido depois de receber o israelense Hapoel Kiryat Shmona, e o Ruch Chorzow, da Polônia, acabou sendo sancionado por problemas na partida contra o Esbjerg, da Dinamarca. A Uefa não publicou os detalhes dos últimos incidentes.

A Uefa já puniu dez clubes do Leste Europeu por comportamentos racistas nesta temporada, incluindo o Maribor, que vai receber o Celtic nos playoffs da Liga dos Campeões na próxima quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolUefaracismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.