Uefa rejeita apelação do Mallorca na Liga Europa

A Uefa, entidade que controla o futebol europeu, rejeitou nesta sexta-feira a apelação feita pelo Mallorca contra a punição aplicada ao time espanhol, que foi excluído da próxima edição da Liga Europa. O clube acabou punido por conta das suas dívidas, de aproximadamente 60 milhões de euros, e ficou sob administração voluntária.

AE-AP, Agência Estado

30 de julho de 2010 | 13h41

O Comitê de Apelações da Uefa resolveu rejeitar a apelação mesmo com o fato de a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) ter concedido uma licença para que o Mallorca disputasse o segundo mais importante torneio interclubes do futebol europeu.

Quinto colocado do último Campeonato Espanhol, fato que o qualificou para a disputa da Liga Europa, o Mallorca ainda pode apelar contra a decisão da Uefa junto à Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Com a decisão da Uefa, o Villarreal, que terminou em sétimo lugar no último Espanhol, herdou o lugar do Mallorca e se juntou ao Getafe, sexto colocado no torneio nacional, na Liga Europa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolUefaLiga EuropaMallorca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.