Uefa revela que Liga dos Campeões terá receita recorde

A Uefa e os clubes participantes da Ligas dos Campeões vão dividir uma receita de 1,09 bilhões de euros (aproximadamente R$ 2,85 bilhões) em marketing e direitos de transmissão pela televisão. De acordo com a entidade, o valor é recorde e 33% superior ao da última temporada.

AE-AP, Agencia Estado

21 de agosto de 2009 | 15h46

O valor continuará sendo o mesmo nas próximas duas temporada, já que a Uefa assinou contratos de transmissão e patrocínio até 2012 com empresas como Ford, Heineken, MasterCard, PlayStation, Sony e UniCredit.

As 32 equipes que vão participar da fase de grupos, cujo sorteio será realizado na próxima semana, dividiram mais de dois terços da receita. Esse valor não inclui o dinheiro gerado com a venda de ingressos.

Cada equipe tem garantida 7,1 milhões de euros por sua participação antes do início da fase de grupos em setembro, e receberão bonificações pelo seu desempenho. Uma vitória na fase de grupos rende 800 mil euros. Na final, em maio de 2010, o campeão receberá 9 milhões de euros e o derrotado vai ganhar 5,2 milhões de euros.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiga dos Campeõesreceita

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.