Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

Último hospitalizado de incêndio no Ninho mostra melhora e se alimenta pela boca

Jhonata Cruz Vieira, de 15 anos, tem parte das lesões por queimaduras cicatrizadas e segue sendo medicado

Redação, Estadão Conteúdo

16 de fevereiro de 2019 | 13h14

O jogador Jhonata Cruz Ventura, sobrevivente do incêndio no Ninho do Urubu, no Rio, no último dia 8, está "acordado e atendendo a comandos simples ao exame clínico", de acordo com o boletim do Hospital Municipal Pedro II divulgado neste sábado. O jovem de 15 anos teve as lesões na face cicatrizadas e iniciou dieta oral.

Apesar de apresentar melhora, o jovem de 15 anos ainda respira com ajuda de máscara de oxigênio e recebe medicação de antibióticos para tratar as queimaduras que atingiram cerca de 30% do corpo dele.

Jhonata foi internado com a situação mais grave entre os feridos no incidente no Centro de Treinamento do Flamengo, que também servia de alojamento para meninos das categorias de base. Francisco Dyogo e Cauan Emanuel já receberam alta hospitalar.

Ao todo, dez jovens atletas morreram no incêndio. Além dos três feridos, outros 13 jogadores que dormiam no contêiner que pegou fogo conseguiram escapar das chamas.

Nesta quinta-feira, Flamengo e torcedores que foram ao Maracanã assistir à vitória do Fluminense por 1 a 0 no Fla-Flu, pela semifinal da Taça Guanabara, organizaram homenagens aos dez mortos no Ninho do Urubu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoNinho do Urubu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.