Jon Nazca / Reuters
Jon Nazca / Reuters

Um dia após derrota por 3 a 0 em casa, técnico anuncia que deixará o Leganés

Asier Garitano sai do time espanhol após cinco anos no comando

Estadão Conteúdo

08 Maio 2018 | 10h14

Um dia depois de o seu time sofrer uma derrota por 3 a 0 para o Levante, em casa, pelo Campeonato Espanhol, o técnico Asier Garitano confirmou nesta terça-feira que deixará o comando do Leganés ao final desta temporada europeia, quando o seu contrato com o clube se encerrará.

+ Zidane festeja recuperação de Cristiano Ronaldo e crê em volta antes de final

+ Filipe Luís relembra recuperação e diz que não pensou em ficar fora da Copa 

Por meio de um comunicado publicado em seu site oficial, o Leganés informou que a decisão de ir embora foi tomada pelo próprio treinador, que está há cinco temporadas à frente do time e o levou da terceira para a primeira divisão do futebol da Espanha, da qual faz parte pela segunda campanha consecutiva.

O Leganés ocupa apenas a 17ª posição do Campeonato Espanhol, mas não corre mais risco de ser rebaixado nesta reta final da competição. E Garitano conseguiu levar o clube de forma surpreendente à semifinal da última Copa do Rei, na qual acabou sendo eliminado pelo Sevilla, que depois seria goleado por 5 a 0 pelo Barcelona no duelo que valeu o título.

Ao enumerar estes feitos obtidos pelo comandante, o Leganés enfatizou nesta terça-feira que no trabalho do profissional durante estas cinco temporadas se destacaram "acima de tudo, seu compromisso, sua honestidade e sua capacidade de integrar-se, tanto com os valores do clube e sua torcida, como com toda a cidade".

Prestes a se despedir da equipe, Garitano ainda irá dirigi-la nas partidas contra Real Sociedad, fora de casa, no próximo sábado, e Betis, em Leganés, no dia 20 de maio, pela rodada final do Campeonato Espanhol.

Mais conteúdo sobre:
futebol Campeonato Espanhol de Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.