Jose Jordan/AFP
Jose Jordan/AFP

Um dia após goleada, Villarreal demite técnico e contrata Javi Calleja

Fran Escriba caiu depois de perder para o Getafe por 4 a 0

Estadão Conteúdo

25 de setembro de 2017 | 18h54

Em meio a um início de campanha irregular no Campeonato Alemão e um dia depois de cair por 4 a 0 diante do Getafe, a diretoria do Villarreal decidiu agir. Nesta segunda-feira, o clube anunciou a demissão do técnico Fran Escriba e agiu rápido para confirmar seu substituto: Javi Calleja.

Escriba estava no Villarreal desde a temporada passada, quando guiou a equipe à quinta colocação no Espanhol e à vaga na Liga Europa. Até por isso, sua demissão surpreendeu. Afinal, o time perdeu apenas uma das últimas cinco partidas disputadas, justamente a goleada para o Getafe, quando sofria com diversos desfalques.

Para a vaga do treinador, o Villarreal decidiu apostar em um velho conhecido. Calleja tem 39 anos e estava no comando do time B, após seis anos trabalhando nas categorias de base. Ele também tem história no clube como jogador, já que atuou por lá por sete temporadas, entre 1999 e 2006.

"Este clube significa tudo para mim. Eu sempre sonhei com este momento. Estou muito empolgado. Os jogadores são compromissados e não há limites para esta equipe", declarou nesta segunda-feira. A estreia de Calleja acontecerá na quinta-feira, diante do Maccabi Tel Aviv, fora de casa, pela Liga Europa. No Campeonato Espanhol, a equipe ocupa a 14.ª posição, com sete pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato Espanhol de Futebolfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.