Juan Barreto/AFP
Juan Barreto/AFP

Um dia após marcar gol pela seleção, Willian perde a mãe

Maria José morre após dois anos de luta contra tumor na cabeça

Estadão Conteúdo

12 Outubro 2016 | 20h47

Morreu nesta quarta-feira a mãe do meia-atacante Willian, da seleção brasileira e do Chelsea. Maria José travou uma luta por mais de dois anos contra um tumor na cabeça, que fez com que ela passasse por diversas cirurgias. Nos últimos dias, a saúde de Dona Zezé, como era conhecida, piorou e o jogador ficou sabendo do falecimento de sua mãe quando estava no Canadá, em conexão para a Inglaterra, onde se reapresentaria ao seu clube.

 

Mãe No céu é o seu lugar Onde estará você agora Onde é que você mora Deixou tanta saudade Depois que daqui foi embora Pergunto por perguntar Pois tenho tanta certeza É no céu que você está Pois perto de Jesus Cristo Com certeza é o seu lugar. Pois para você ser santa Não precisa canonizar Basta ser a mãe que foi Para se santificar. Não pense que estou magoado Pelos castigos a mim dados Pois entre a mãe e o filho Sempre tudo é perdoado. Pode acreditar que estou bem Pois entre o castigo e o carinho Você fez com que eu seguisse Com certeza um bom caminho. Sinto muito sua falta isso é verdade Mas ainda me conformo Pois iremos viver juntos Por toda eternidade. Continuo aqui na terra Aos seus ensinos ser fiel Para que possa como você Também ter o Reino do céu. Aí então nos encontraremos Já desprendidos da terra Para então participar Da sonhada vida eterna. #minhaguerreira #minharainha #teamoeternamente #saudades #luto ❤️

Uma foto publicada por Willian Borges Da Silva (@willianborges88) em

No jogo contra a Venezuela, na última terça-feira, Willian marcou o segundo gol da vitória por 2 a 0 e foi bastante abraçado pelos jogadores, que estavam cientes da gravidade da situação vivida por sua mãe. "Deu para sentir que eles têm um carinho muito grande por mim, todos vieram me abraçar. Fico muito feliz por isso", disse o meia-atacante, após o jogo disputado em Mérida, na Venezuela.

Na semana passada, quando a seleção se preparava para o jogo contra o Bolívia, em Natal, a saúde da mãe de Willian piorou e ele chegou a comentar sobre o assunto nas redes sociais, mas evitou dar maiores explicações. Mesmo abalado, participou normalmente das duas partidas.

O enterro de Dona Zezé será nesta quinta-feira, na cidade de Ribeirão Pires, em São Paulo. Em seguida, o atacante viaja para se reapresentar ao Chelsea.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.