Lluis Gene/AFP
Lluis Gene/AFP

Umtiti, do Barça, escapa de cirurgia e seguirá tratamento conservador no joelho

Zagueiro francês luta há meses contra recorrentes dores no joelho esquerdo

Redação, O Estado de S.Paulo

23 Dezembro 2018 | 19h59

O Barcelona divulgou um comunicado em seu site oficial neste domingo para revelar que o zagueiro Samuel Umtiti foi submetido a exames no joelho esquerdo, depois de o atleta ter reclamado de dores, e que o departamento médico do clube concluiu que ele não precisará ser operado. O francês seguirá realizando tratamento conservador quando se reapresentar ao time no próximo dia 30, data em que o elenco comandado pelo técnico Ernesto Valverde vai voltar a treinar depois da pausa de Natal.

No último dia 2 de dezembro, o Barça havia confirmado que o defensor continuaria o seu tratamento convencional, com o objetivo de resolver o problema das dores no joelho. Campeão do mundo com a seleção francesa na Copa de 2018, Umtiti foi para Doha, no Catar, dar prosseguimento ao seu processo de recuperação com especialistas e sob a supervisão dos serviços médicos do clube espanhol.

O zagueiro francês disputou a sua última partida no dia 24 de novembro, contra o Atlético de Madrid, pelo Campeonato Espanhol, quando atuou após ficar dois meses afastado dos gramados por causa das recorrentes dores no joelho esquerdo.

Atravessando novo período sem poder atuar, Umtiti sofre com este problema desde o final da temporada passada do futebol europeu. Por causa dele, o atleta ficou fora das últimas sete partidas que o Barça realizou no ano. Ele, entretanto, revelou o desejo de não ser operado e está esperançoso de que o tratamento conservador surta o efeito desejado, assim como os médicos do clube.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.