Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

União apela para o lado psicológico

Para tentar motivar os jogadores do União São João, o técnico Roberto Cavalo está trabalhando com o lado psicológico do grupo. Durante os treinamentos vem conversando muito com os atletas e chegou a afirmar que o jogo contra o Gama, no próximo sábado, é de vida ou morte. "Estamos no fundo do poço e se o União não vencer vamos nos afogar. O time precisa entrar com muita garra e raça. Agora nós temos de ter vergonha na cara e honrar a camisa do União", completou Cavalo. O treinador também lembrou dos últimos jogos do União e disse que não basta o time jogar bem, precisa vencer. "Jogamos bem contra o América-MG, mas perdemos. Precisamos vencer, mesmo jogando feio", comentou. O presidente José Mário Pavan é outro que encara a partida contra o Gama como uma decisão. "Acho que se não vencermos o Gama, nosso destino será a Série C", disparou, lembrando que o União ocupa a lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B, com apenas oito pontos. O Gama é o penúltimo, com 11.

Agencia Estado,

06 de agosto de 2003 | 17h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.