União Barbarense não teme punição

A diretoria do União Barbarense está tranqüila em relação a queixa do Iraty protocolada no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). O clube paranaense quer a eliminação do time paulista, alegando que o clube utilizou o zagueiro Dú Lopes de forma irregular.A inscrição de jogadores terminou no último dia 24 de setembro e o zagueiro teria sido inscrito somente no dia 27. A própria CBF já emitiu um memorando, confirmando o fato. A defesa do União Barbarense é que o pedido da inscrição foi protocolado no dia 24.O Iraty entrou nesta quinta-feira com um mandado de garantia, para suspender o jogo do União com o Americano-RJ, neste domingo, em Campos (RJ), pela primeira rodada da fase final. Cabe ao presidente do STJD, Luís Zveiter, a decisão. Por enquanto, o União Barbarense ainda não contratou nenhum advogado.Dú Lopes jogou o primeiro jogo do confronto, em Irati (PR), vencido pelo União por 1 a 0. Caso o recurso do time paranaense seja acatado, o União perderá seis pontos (a pena prevê a perda do dobro de pontos em disputa) e o Iraty fica com a vaga, pois empatou o segundo jogo, em 1 a 1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.