União Barbarense tem 11 ?pendurados"

Definitivamente, a missão do técnico Roberval Davino de salvar o União Barbarense está cada vez mais difícil. O time precisa vencer os próximos jogos para escapar do rebaixamento no Campeonato Paulista, mas tem nada menos do que 11 jogadores pendurados por cartões amarelos e outros dois suspensos. É sob este tipo de ameaçada que o time continua se preparando para enfrentar o Corinthians, sábado, em casa.O goleiro Zetti, os zagueiros Ronaldo Alves e Emerson, os laterais Válder e Adriano Ramos, os meio-campistas Marcos Alexandre, Agnaldo Xavier e Leandro, além dos atacantes Mauro, Jonhson e Luiz Gustavo já receberam um cartão amarelo e correm o risco de desfalcar o time na seqüência da competição. Se não bastasse isso, Davino também não terá o lateral-direito Marquinhos e o volante Eduardo, que terão de cumprir suspensão.Sem muitas opções, o treinador preferiu creditar ao adversário a responsabilidade do resultado positivo. "É claro que nosso objetivo é ganhar pontos, mas a responsabilidade da vitória é do Corinthians. Eles são os favoritos e vêm crescendo no campeonato", resumiu Davino.Como é muito provável que tenha problemas para definir o time para este jogo, Roberval Davino pretende, pelo menos, contar com os torcedores nesta árdua missão. O treinador, inclusive, já escalou a torcida como o 12º jogador do time. "Quem tem que comandar é a nossa torcida, esperamos bastante participação", afirmou. Mas até a presença da torcida é problemática, uma vez que existe uma proibição para a entrada de menores de 18 anos no estádio Antonio Lins Guimarães.A princípio, o treinador adiantou que deve manter a mesma base que venceu o União São João, fora de casa, por 2 a 1, na rodada passada. Os substitutos dos dois jogadores suspensos devem ser o volante Agnaldo Xavier e o lateral Luciano. O meio-campo Henrique é dúvida, já que voltou a sentir dores no joelho direito. O União Barbarense divide a 12ª posição na tabela com o Palmeiras, somando 12 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.