União festeja retorno de João Paulo

Depois de uma rápida passagem pelo CSA de Alagoas, o atacante João Paulo, de 36 anos, está de volta ao União São João de Araras para disputar o Campeonato Brasileiro da Série B. Chamado carinhosamente de "vovô" ele se apresenta ao técnico Márcio Rossini nesta quinta-feira. "O João Paulo é sensacional, não importa quantos anos tem porque ele decide", comentou o presidente do clube José Mário Pavan. O atacante revelado pelo Guarani na década de 80 já andou bastante pelo Brasil e pelo mundo. Atuou no Bari da Itália e defendeu vários clubes no Brasil, entre eles o Vasco da Gama-RJ. No interior paulista ele coleciona idas e vindas no União nos últimos quatro anos, tanto que disputou o Paulistão pelo próprio time. "O pessoal me trata muito bem", explica João Paulo que ainda mora em Campinas com a família. A diretoria já apresentou também o lateral-direito Edinho, de 24 anos, que atuava no Figueirense-SC. O jogador já passou por Rio Branco de Americana, Sãocarlense e Santo André. Ele chega à Araras para ocupar o lugar de Jamur, dispensado na última semana. O curioso é que Jamur foi o pivô do rebaixamento do time de São Carlos na Série A-2, por ter atuado de forma irregular num jogo contra o Etti Jundiaí. Também foram dispensados o zagueiro Horácio, o meia Clayton e o atacante Marquinhos, todos por deficiência técnica. O técnico Márcio Rossini continua preparando o União São João para a estréia no Campeonato Brasileiro da Série B. Até o início do torneio nacional, o treinador ainda aguarda a contratação de novos reforços. Entre os novos contratados estão o zagueiro Spana, ex-Flamengo de Guarulhos, o meia Marquinhos Bolacha e o volante Lelo, que disputaram a Série A-2 do Campeonato Paulista pelo Rio Preto e o atacante Sérgio Lobo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.