União pára a Portuguesa Santista

O União São João brecou a arrancada da Portuguesa Santista no Campeonato Paulista. Neste domingo, pela 17.ª rodada, o time de Araras venceu por 1 a 0, no Estádio Ulrico Mursa, em Santos (SP). A Portuguesa Santista vinha de quatro vitórias consecutivas e se mantém com 23 pontos, na 11.ª posição. Com o resultado, o União ?dá uma leve respirada?, ficando na 15.ª posição, com 20 pontos, mais ainda em situação desconfortável em relação ao rebaixamento.Até os 30 minutos, a partida foi equilibrada, com os dois times não criando nenhuma chance clara de gol. O União fez seu gol aos 33 minutos: Diguinho começou a jogada e tocou para Michel, que lançou Borges. Ele driblou o goleiro Ronaldo e chutou para marcar o gol. Os jogadores da Santista reclamaram de impedimento de Borges, que estava em situação duvidosa.Na etapa final a Briosa foi com tudo para cima do visitante. Buscando mais o gol, a Briosa criava chances pelas laterais, com Alex Silva e Jaílson, mas ninguém conseguia concluir ao gol. Aos 46 minutos, Marcelo Magalhães recebeu na área e foi deslocado por Tiago, mas o juiz nada marcou. No final do jogo, após o apito do árbitro Paulo José Danelon, os jogadores da Santista correram para cima do árbitro. Além do pênalti não marcado, os jogadores reclamaram da aplicação dos cartões amarelos e que o árbitro inverteu muitas faltas.A Portuguesa Santista enfrenta o ameaçado União Barbarense, fora de casa, na próxima rodada. Já o União São João faz o jogo dos desesperados contra a Internacional de Limeira, em casa.Confira a classificação, os resultados e a próxima rodada do Campeonato Paulista 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.