União São João de Araras tenta recomeçar

O União São João já assegurou um título no Campeonato Paulista: é o pior time da competição. O início da temporada foi ruim, prolongando os problemas que o clube já vem acumulando nos últimos dois anos, quando entra em competições apenas para fugir do rebaixamento. Para o presidente José Mário Pavan a cena não é tão ruim assim: "Ser o pior não é fim do mundo. Mais grave é cair para a Série A2".Desta vez, a sorte ajudou o União São João, que somou apenas um ponto em nove jogos no Paulista. Tem a pior defesa, com 34 gols sofridos, e o pior saldo de gols, com 20 negativos. O time só não será rebaixado porque o Oeste perdeu 12 pontos no Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista.O dirigente reafirma sua posição de que o União São João foi prejudicado pela Lei Pelé, que acabou com o lucro dos clubes sobre as vendas de passes de jogadores. "Não me sujeitei a ser parceiro de empresários, a maioria formado por gente sem escrúpulos", justificou Pavan.Para o técnico Arnaldo Lia, que substituiu Play Freitas durante o Paulista, aconteceram alguns erros na formação do time. "Várias peças não se encaixavam e tive que me virar do jeito que deu", defendeu-se. Sua esperança agora é montar um novo elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. Além de enfrentar dificuldades dentro e fora de campo, o União São João acaba de perder seu melhor jogador na temporada: o veterano João Paulo, de 39 anos, que se desligou do clube para se apresentar ao Corinthians de Alagoas.

Agencia Estado,

08 de março de 2004 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.