União São João derruba o Santo André

O União São João venceu neste domingo à tarde o Santo André de virada, por 3 a 2, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. O time de Araras estava perdendo por 2 a 0 e conseguiu a vitória na segunda etapa. O Santo André não perdia em casa desde o dia 8 de fevereiro de 2004, há mais de um ano, quando foi derrotado pelo Santos por 3 a 1 pelo Paulistão de 2004.O destaque da virada foi o meia Juliano, que deu passe para o gol de Paulinho Kobayashi e ainda fez um golaço. Alex Sandro marcou o outro do União. Pelo lado do Santo André, Dedimar, de falta, e Sandro Gaúcho fizeram na primeira etapa. Com este resultado, o Santo André permanece 16 pontos, na quarta colocação. O União subiu para nono, com 11 pontos.O Santo André dominou totalmente o primeiro tempo e começou assustando. O zagueiro Dedimar abriu o marcador aos 13 minutos, cobrando falta no ângulo. O mesmo Dedimar cobrou falta aos 24 minutos pela direita e Sandro Gaúcho quase ampliou.Mas dois minutos depois, o matador não perdoou e fez. Ramalho tabelou com Alexandre, invadiu a área e lançou Romerito, que cruzou para Sandro marcar. Aos 29 minutos, um fato inusitado: um torcedor lançou um sinalizador no gramado e a própria torcida chamou a polícia, sendo que o torcedor foi retirado da arquibancada e detido.Na etapa final, aos 17 minutos, União criou sua chance e marcou: Alex Sandro aproveitou cruzamento e fez de cabeça. O time de Araras chegou ao empate aos 33 minutos. Juliano bateu falta e no rebote do goleiro Júlio César, o experiente Paulinho Kobayshi completou. Aos 41 minutos, ocorreu o que muitos não acreditavam, mas o União virou. O meia Juliano levou cinco jogadores do Santo André e tocou da entrada da área, para fazer o gol da vitória.Na nona rodada, o Santo André vai a São José do Rio Preto (SP) enfrentar o América. Já o União São João recebe o Mogi Mirim, em Araras (SP).

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2005 | 18h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.