União São João dispensa o goleiro

Play Freitas correu sério risco de demissão, mas ainda é o técnico do União São João. Apesar das quatro derrotas nas quatro partidas que o time fez até gora no Campeonato Paulista, a diretoria decidiu mantê-lo no cargo. Quem perdeu o emprego foi o goleiro Marcelo Galvão, considerado culpado por pelo menos três gols na goleada sofrida para o Mogi Mirim, por 5 a 2, na última rodada.A decisão de manter o treinador foi tomada numa reunião na tarde desta segunda-feira. Mas, antes disso, os dirigentes tentaram encontrar um substituto para Play. Não conseguiram. Ninguém aceitou o desafio e não houve como mudar a comissão técnica.No domingo, o União São João enfrenta o Santos, na Vila Belmiro. Depois recebe Paulista e Palmeiras, ambos em casa, pega o Guarani e Oeste fora de Araras e encerra sua participação contra o São Caetano, novamente em seu estádio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.