Universidad de Chile joga desfalcada

Desfalcada de seus dois atacantes titulares, Maestri e Barrera, a Universidad de Chile enfrenta o Palmeiras nesta quinta-feira, em São Paulo, pela Libertadores, precisando apagar a má imagem que deixou perante sua torcida no domingo, na estréia do Campeonato Chileno. A equipe jogou muito mal e perdeu para o pequeno Coquimbo por 2 a 1. Além da ausência dos atacantes, o time chileno não terá os zagueiros Fuente e Aros e o meia brasileiro Arílson.Na Libertadores, a Universidad já realizou duas partidas, com uma vitória e uma derrota. Perdeu na estréia em casa para o Cerro Porteño por 2 a 0, mas, em seguida, recuperou-se ao vencer o Sport Boys também por 2 a 0, no Peru.O técnico César Vaccia pediu basicamente uma coisa para seus jogadores: que não repitam, esta noite, as falhas cometidas na derrota para o Coquimbo. "Perdemos para o Coquimbo porque erramos muito e não podemos repetí-los."Vaccia, porém, está preocupado com o ataque de seu time. O peruano Maestri sofreu uma contusão contra o Sport Boys e Barrera está com amidalite. Os substitutos serão Pedro González e o argentino Diego Rivarola. A única dúvida do treinador é na defesa, entre Arancibia ou Castañeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.