Toshifumi Kitamura / AFP
Toshifumi Kitamura / AFP

Uruguai chama Arrascaeta, Carlos Sánchez e Martín Silva para amistoso com Brasil

Óscar Tábarez confirma também a presença de Cavani e Suárez para jogo que será realizado dia 16 de novembro

O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2018 | 19h06

O técnico Óscar Tabárez anunciou nesta quinta-feira a lista de 25 jogadores convocados para representar a seleção uruguaia em seus próximos dois amistosos. No dia 16 de novembro, a equipe encara o Brasil em Londres. Quatro dias mais tarde, o duelo será diante da França, em Paris.

Na lista, estão três jogadores que atuam no futebol brasileiro. Tabárez voltou a chamar o goleiro Martín Silva, do Vasco, e o meia Arrascaeta, do Cruzeiro. O volante Carlos Sánchez, que havia sido liberado da convocação anterior após pedido do Santos, também foi lembrado e reforça a seleção.

Com isso, os três jogadores desfalcarão suas equipes na reta final do Brasileirão, provavelmente nas rodadas 34 e 35. Destes, o Cruzeiro é o único que não deve estar lutando por nada, uma vez que já garantiu vaga na Libertadores e não tem chances de título. No dia 10, a equipe visita o Atlético-PR, e quatro dias depois, recebe o Corinthians.

O Santos, por sua vez, deve estar na briga pelo G6 e terá um desfalque bastante sentido. Sánchez deverá ser ausência nas partidas contra a Chapecoense, dia 12, na Vila Belmiro, e Flamengo, três dias depois, no Maracanã. Já o Vasco não terá Martín Silva em meio à luta contra o rebaixamento. No dia 11, a equipe pega o Grêmio em Porto Alegre. Três dias depois, recebe o Atlético-PR em São Januário.

Outro velho conhecido da torcida brasileira que está na lista é o meia Nicolás Lodeiro, com passagens por Botafogo e Corinthians. A lista conta ainda com alguns dos principais destaques do Uruguai, como o zagueiro Godín, do Atlético de Madrid, e os atacantes Luis Suárez, do Barcelona, e Cavani, do Paris Saint-Germain.

 

Confira a lista de convocados para a seleção uruguaia:

Goleiros: Fernando Muslera (Galatasaray), Martín Silva (Vasco), Martín Campana (Independiente).

Defensores: Diego Godín (Atlético de Madrid), Sebastián Coates (Sporting), José María Giménez (Atlético de Madrid), Gastón Silva (Independiente), Martín Cáceres (Lazio), Marcelo Saracchi (RB Leipzig), Diego Laxalt (Milan).

Meio-campistas: Nahitan Nández (Boca Juniors), Lucas Torreira (Arsenal), Matías Vecino (Inter de Milão), Rodrigo Bentancur (Juventus), Nicolás Lodeiro (Seattle Sounders), Federico Valverde (Real Madrid), Camilo Mayada (River Plate), Carlos Sánchez (Santos), Giorgian De Arrascaeta (Cruzeiro), Gastón Pereiro (PSV Eindhoven).

Atacantes: Jonathan Rodríguez (Santos Laguna-MEX), Maximiliano Gómez (Celta de Vigo), Cristhian Stuani (Girona-ESP), Edinson Cavani (Paris Saint-Germain), Luis Suárez (Barcelona).

 
 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.