Matilde Campodonico/AP
Matilde Campodonico/AP

Uruguai começa treinos para a Copa do Mundo com quatro jogadores

Óscar Tabárez comandou atividade com a presença do zagueiro e capitão da seleção uruguaia, Lugano

AE-AP, Agência Estado

14 de maio de 2014 | 16h41

MONTEVIDÉU - Mesmo com diversos campeonatos ao redor do mundo ainda em andamento, o Uruguai saiu na frente de muitas seleções e iniciou os treinamentos visando a Copa do Mundo já nesta quarta-feira, a 29 dias da abertura. Esta certo que apenas quatro dos 25 nomes pré-convocados para a competição participaram da atividade em Montevidéu, mas foi o suficiente para animar o técnico Óscar Tabárez.

O treinador comandou a atividade que contou com a presença do zagueiro e capitão Diego Lugano, ex-São Paulo e atualmente no West Bromwich. Além dele, estiveram presentes o lateral-direito Fucile, ex-Santos e atualmente no Porto, o volante Arévalo Ríos, ex-Botafogo e hoje no Morelia, e Gastón Ramírez, do Southampton.

Em um dos campos do CT da seleção uruguaia, Tabárez comandou exercícios físicos e um treino recreativo no qual os quatro jogadores tiveram a companhia de nomes da seleção sub-20. Depois da atividade, Lugano falou sobre a expectativa para a Copa e ressaltou a importância de tirar a responsabilidade das costas dos dois principais atletas do país na atualidade: Luis Suárez e Edinson Cavani.

"Tomara que o Suárez chegue com todas as pilhas carregadas para que nos ajude a fazer um grande Mundial", comentou o capitão, antes de dizer que isso "não significa depositar toda responsabilidade nele e no Edi (Cavani)". "Simplesmente são nossos destaques. Mas a responsabilidade aqui é de todos."

Outro que deu entrevista foi Fucile, que falou sobre a expectativa de atuar no Brasil, onde o Uruguai faturou a Copa do Mundo de 1950 com a histórica vitória diante da seleção brasileira na final. "Obviamente aquilo está em nossa história. Nascemos e já estamos falando do grande Maracanazo. Mas é uma história diferente. O Maracanazo já passou, agora nós temos que escrever a história."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.