Uruguai diz estar pronto para encarar mais uma 'final'

Após derrotar as europeias Inglaterra e Itália, o time está confiante e com garra para ganhar mais um jogo e passar pelas oitavas de final

AE, Agência Estado

27 de junho de 2014 | 20h58

Depois da surpreendente derrota para a Costa Rica na estreia, o Uruguai teve que superar dois campeões mundiais, Inglaterra e Itália, para conseguir avançar na Copa do Mundo. Por isso, encara o jogo contra a Colômbia, neste sábado, no Maracanã, pelas oitavas de final, como mais uma "final" em sua campanha no Brasil.

"Já jogamos duas finais (contra Inglaterra e Itália). Agora, temos jogos ainda mais difíceis pela frente. Chegamos até aqui com muito sacrifício e orgulho", comentou o atacante Stuani, reserva da seleção uruguaia, em entrevista ao site da Fifa.

Ele também citou a suspensão aplicada pela Fifa ao atacante Luis Suárez, principal jogador da seleção uruguaia, que está fora da Copa por ter mordido o zagueiro italiano Chiellini. Segundo Stuani, o grupo tudo está ao lado do companheiro punido. "Ele é um grande jogador e uma grande pessoa", elogiou.

Sobre o confronto deste sábado, Stuani lembrou que o Uruguai precisará enfrentar outra batalha se quiser passar por mais essa "final". "Precisamos estar totalmente concentrados. Sabemos que a Colômbia está jogando muito bem, mas confiamos na gente", disse o atacante, prometendo que os uruguaios vão lutar "até o apito final".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.