Uruguai faz amistoso com catarinenses

Desfalcada do capitão Paolo Montero e do atacante Darío Silva, a seleção do Uruguai enfrenta um combinado de jogadores de Santa Catarina, neste sábado, no estádio Centenário de Montevidéu, como preparação para a partida contra o Brasil, dia 1º, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2002. A escolha do adversário foi criticada pela imprensa uruguaia, que teme que os brasileiros joguem mais duro, com a intenção de machucar um uruguaio para favorecer o time de Scolari. O técnico Victor Pua já definiu a equipe para o amistoso, com Fabián Carini no gol; Gustavo Méndez, Alejandro Lembo, Gonzalo Sorondo e Gianni Guigou, na defesa; Marcelo Romero, Pablo García e Nicolás Olivera no meio-campo, Alvaro Recoba fazendo a ligação com o ataque formado por Marcelo Zalayeta e Federico Magallanes.Montero e Silva serão preservados porque ainda se recuperam de contusões. No jogo contra o Brasil, os dois devem ser titulares, com a saída de Sorondo e Zalayeta. O time uruguaio treinou em dois períodos nesta sexta-feira, em Punta del Este, e viaja neste sábado para o amistoso, voltando em seguida para a concentração.

Agencia Estado,

22 de junho de 2001 | 19h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.