Kiko Huesca / EFE
Kiko Huesca / EFE

Uruguai fecha último treino antes de viajar e mantém Giménez como dúvida

Óscar Tabárez pode utilizar Coates como substituto ou manter esquema com três na linha defensiva

Estadão Conteúdo

28 Junho 2018 | 08h22

A seleção uruguaia fechou nesta quinta-feira a preparação em Nijni Novgorod de olho no duelo contra Portugal, sábado, às 15h (de Brasília), em Sochi, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. O técnico Oscar Tabárez não permitiu a entrada dos jornalistas para acompanhar a atividade e por isso a escalação da equipe ainda é uma incógnita.

+ Com dores musculares, Guerreiro e Martins desfalcam Portugal em treino

+ Uruguai confia na boa fase de Cavani e Suárez para superar Portugal nas oitavas

A principal dúvida é a presença do zagueiro José Giménez, que voltou a treinar na quarta-feira após desfalcar a equipe na última partida da primeira fase da Copa do Mundo, contra a Rússia. O médico da seleção uruguaia, Alberto Pan, informou também na quarta que o jogador teve uma boa evolução do problema muscular e se mostrou otimista sobre a possibilidade de ele atuar diante de Portugal.

Caso a recuperação de Giménez não ocorra conforme o esperado e ele de fato desfalque o Uruguai, Coates deve ser o substituto novamente. No entanto, não se sabe se o treinador optará pelo esquema com dois zagueiros, das duas rodadas iniciais, ou se manterá o 3-5-2 utilizado contra os russos.

 

Com três vitórias na fase inicial, o Uruguai garantiu a liderança do Grupo A com nove pontos e encara Portugal, que terminou em segundo lugar no Grupo B. Para a partida, certo apenas é a presença da dupla de ataque Cavani e Suárez.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.