Uruguai joga e pode complicar Brasil

A situação do Brasil nas eliminatórias, onde divide a quarta colocação com o Uruguai, com 21 pontos, pode se complicar ainda mais. Isso porque o rival enfrenta a fraquíssima Venezuela, nesta terça-feira, às 20h30, em Maracaibo e deve vencer com facilidade, aumentando a pressão no duelo dos brasileiros contra o Paraguai, quarta-feira.Apesar do favoritismo, os jogadores uruguaios adotam um discurso cauteloso, infuenciados pelo fato de não terem participado dos dois últimos Mundiais. Para o zagueiro e capitão Paolo Montero, que defende a Juventus, "o Uruguai não está em condições de subestimar ninguém". Para o atacante Alvaro Recoba, da Internazionale, "a partida será muito difícil".E, assim como o Brasil, encaram seu próximo compromisso como de ?vida ou morte?. "Os três pontos nesta terça-feira, valem muito. Se não conseguirmos, nossa vitória diante do Brasil (1 a 0) não servirá para nada," afirmou Montero. "Será uma vergonha não conseguirmos vencer, porque quem quer ir ao Mundial não pode desperdiçar pontos para a Venezuela," disse Recoba.No outro confronto de hoje, a Bolívia (13), com remotas chances, pega o já eliminado Chile (10), em Santiago. Na quarta-feira, a líder Argentina (32) enfrenta o Equador, terceiro com 25 pontos, em Quito e a Colômbia (19) recebe o Peru (12).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.