Uruguai muda para enfrentar o Brasil

O time do Uruguai poderá vir bastante modificado em relação ao que foi derrotado pelo Chile na estréia, por 3 a 0. O técnico Juan Ramón Carrasco, descontente com o desempenho do grupo, deverá trocar nada menos que seis jogadores com o objetivo de evitar uma eliminação precoce da competição em caso de derrota para o Brasil. Neste caso, só uma combinação de resultados salvaria o time.Na busca por um entrosamento que não apareceu contra os chilenos, JR fez testes com três jogadores do setor defensivo do Danúbio: o zagueiro Jorge Curbelo, o lateral Pablo Lima e o volante Ignácio Gonzales. Além disso o treinador deu chance ao goleiro Joaquín Hernández e também trocou a dupla de ataque, escalando Fabián Estoyanoff e Gonzalo Choy.Mas o técnico não parou por aí e novas mudanças ainda podem acontecer antes do apito inicial. JR deslocou Carlos Valdez da zaga para a lateral direita e não descartou a possibilidade de escalar Sergio Leal no lugar de Olivera no meio-de-campo.Para diminuir o desânimo após a derrota, o treinador permitiu que os jogadores tirassem a manhã de folga na sexta-feira e pudessem passear por Concepción. À noite, o técnico acompanhou a vitória brasileira sobre o Paraguai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.