Uruguai quer disputar amistosos com Chile antes da Copa

O Uruguai ofereceu ao Chile jogar dois amistosos, um em cada país, antes da Copa do Mundo deste ano, em junho, com o objetivo de se preparar para a competição e arrecadar fundos para as vítimas do terremoto que atingiu o terremoto chileno em fevereiro, informou hoje a imprensa uruguaia.

EFE,

26 de março de 2010 | 14h13

O jornal El Observador publicou nesta sexta-feira que o presidente da federação uruguaia de futebol (AUF, na sigla em espanhol), Sebastián Bauzá, fez a oferta, cujo principal obstáculo é a falta de datas para os amistosos.

Segundo o jornal, as duas federações "entraram em contato e analisam jogar nos primeiros dias do mês de maio", quando os jogadores chilenos e uruguaios que atuam no exterior começarão a chegar aos países de origem para se concentrar para a Copa.

Por enquanto, o Uruguai deve fazer um amistoso contra Israel em 26 de maio em Montevidéu.

O Chile também poderia enfrentar os israelenses em uma data posterior caso as federações uruguaia e chilena entrem em acordo para dividir os custos da viagem da seleção de Israel à América do Sul, segundo o El Observador.

O Uruguai está no grupo A da Copa do Mundo junto com a África do Sul - o país-sede -, França e México. O Chile ficou no grupo H, com Espanha, Honduras e Suíça.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolUruguaiChileCopa 2010amistoso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.