Andres Stapff/Reuters
Andres Stapff/Reuters

Uruguai só vai parar Messi com bom trabalho de equipe, diz Godín

Uruguai e Argentina se enfrentam nesta terça-feira no Chile

Daniela Desantis, Reuters

15 de junho de 2015 | 12h13

O Uruguai só vai conseguir parar o argentino Lionel Messi se trabalhar em equipe, já que não existe uma receita individual para dominar o atacante argentino, disse o capitão de seleção uruguaia, Diego Godín, na véspera do encontro entre as duas seleções na Copa América do Chile.

Uruguai e Argentina se enfrentarão na segunda rodada do Grupo B da competição em La Serena. A seleção argentina, dirigida pelo técnico Gerado Martino, tentará se recuperar após o empate de 2 x 2 contra o Paraguai na primeira rodada.

"Não existe uma fórmula para parar o Messi; senão, alguém já teria feito. Não existe uma receita individual, é um trabalho de equipe", disse Godín em entrevista ao jornal argentino La Nación.

O zagueiro do Atlético de Madri reconheceu que sua equipe, defensora do título que ganhou na Argentina em 2011, enfrentará o maior favorito para levar o troféu no Chile, então terá que se esforçar muito mais. O Uruguai vem de vitória contra a Jamaica por 1 x 0 na estreia.

"Não importa o que aconteceu na primeira partida, vamos enfrentar o favorito para ganhar a Copa América, com jogadores em um grande nível, que fazem a diferença", acrescentou Godín.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
FUTCOPAAMERICAURUGUAIGODIN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.