Jorge Saenz/AP
Jorge Saenz/AP

Uruguai vence o Paraguai, se reabilita e volta a brigar por vaga na Copa do Mundo

Com o triunfo fora de casa, uruguaios voltam para a zona de classificação e agora somam 19 pontos

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2022 | 23h59

Depois do Brasil empatar por 1 a 1 com o Equador, mais uma partida movimentou as disputas da 15ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar 2022, na noite desta quinta-feira. Depois de três derrotas seguidas, o Uruguai se reabilitou ao vencer o Paraguai, fora de casa, no Estádio La Olla, em Assunção, por 1 a 0. Luis Suárez, nos primeiros minutos do segundo tempo, marcou o gol da vitória celeste.

Com o triunfo fora de casa, o Uruguai voltou para a zona de classificação e agora soma 19 pontos ganhos. Já o Paraguai se complicou de vez e dificilmente irá à Copa do Mundo, afinal estacionou na nona colocação com 13.

O primeiro tempo da partida disputada em Assunção foi bastante movimentada desde o seu primeiro minuto. Apesar do Paraguai ter começado fazendo pressão, foi o Uruguai que criou as melhores chances. Aos 14 minutos, depois de um escanteio cobrado na área, o novo zagueiro do Atlético-MG, Godín, cabeceou na trave.

No lance seguinte, em mais uma jogada de bola parada, foi a vez de Luis Suárez aparecer livre na pequena área e mandar no travessão. Já aos 23, o Uruguai teve mais uma oportunidade com o próprio camisa 9 pegando um rebote, mas desta vez parou no goleiro Silva. Por isso, o primeiro tempo terminou sem gols.

Na volta do intervalo, Luis Suárez voltou com tudo e logo aos quatro minutos do segundo tempo, conseguiu balançar as redes. Godín fez ótimo lançamento para o atacante, que invadiu a área e bateu na saída do goleiro, colocando a equipe Celeste em vantagem.

A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco e enquanto o Paraguai não tinha poder de reação, o Uruguai seguiu criando e quase fez o segundo aos 25. Suárez cruzou na área em busca de Cavani, mas o goleiro Silva se adiantou e espalmou para longe. No rebote, Oliveira chutou por cima do gol.

Nos minutos finais, o duelo seguiu agitado e os dois técnicos aproveitaram para fazer algumas mudanças em suas equipes. Enquanto, o Diego Alonso fechou o Uruguai na defesa para segurar a vitória, Guillermo Schelotto colocou o Paraguai em cima, mas mesmo assim o duelo terminou com a vitória celeste por 1 a 0.

As duas seleções voltam a campo na próxima semana para a disputa da 16ª rodada das Eliminatórias. Na terça-feira, o Uruguai recebe a Venezuela, no Estádio Centenário, às 20h. Um pouco mais tarde, às 21h30, o Paraguai visita o Brasil, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.