José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Uso de sinalizadores pode custar R$ 100 mil ao Corinthians

Clube deve ser punido pelo STJD devido ao comportamento de seus torcedores contra o Luverdense

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2013 | 17h58

SÃO PAULO - O Corinthians pode levar uma multa de R$ 100 mil devido ao uso de sinalizadores acionados por torcedores do clube na partida contra o Luverdense, quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Aos 41 minutos do segundo tempo, o árbitro Pablo dos Santos (ES) teve de interromper o jogo durante dois minutos por causa dos artefatos e relatou o incidente na súmula.

O caso vai a julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e a tendência é que o clube receba a pena máxima – o valor da multa varia de R$ 100 a R$ 100 mil – por ser reincidente.“Se algum sinalizador tivesse sido arremessado no gramado, o clube poderia até perder mando de mando”, explicou o procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt.

Na decisão do Campeonato Paulista, diante do Santos, no dia 19 de maio, torcedores corintianos que estiveram na Vila Belmiro acenderam sinalizadores e os arremessaram no gramado, obrigando o árbitro da partida, Guilherme Ceretta de Lima, a interromper o confronto. A Federação Paulista de Futebol (FPF) puniu o clube com a perda de um mando de campo, que será cumprido no Estadual de 2014, e ainda aplicou multa de R$ 30 mil.

Após a morte do boliviano Kevin Espada, de 14 anos, na estreia do Corinthians na Libertadores, a CBF prometeu rigor com o uso de sinalizadores e punição severa aos clubes, com perda de mando de jogo, multa e interdição do estádio. Nesta edição da Copa do Brasil, por exemplo, o Mixto já foi multado em R$ 2 mil por uso de sinalizadores na arquibancada, durante a vitória por 2 a 1 sobre o Vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.