Vadão aprova desempenho da Ponte

A situação da Ponte Preta não poderia estar melhor. Depois de cinco jogos, quatro deles pelo Torneio Rio-São Paulo, e outro pela Copa do Brasil, o técnico Oswaldo Alvarez acredita que o time está dentro do percentual programado por ele no início da temporada. "No Rio São Paulo temos 83% de aproveitamento e, na Copa do Brasil, mesmo sabendo da dificuldade que é enfrentar o Coritiba, líder da Copa Sul-Minas, precisamos vencer por 1 a 0 para nos garantir na próxima fase. Está tudo muito bem encaminhado", garante . Tal otimismo é visto também dentro de campo. O time manteve a mesma base dos últimos três anos e ainda trouxe alguns reforços experientes, casos do goleiro Ronaldo, ex-Corinthians, e do lateral-direito Rodrigo, que ainda não estreou, para ajudar na conquista do primeiro título de grande expressão do clube. "A Ponte Preta tem um elenco forte. Jogadores tarimbados, com bastante experiência, mesclados com a garotada revelada no clube. Novamente somos candidatos ao título", acredita o zagueiro Ronaldão, que no último domingo completou 150 jogos com a camisa da Ponte Preta. Com folga na tabela, o técnico Vadão pretende entrosar ainda mais a equipe. Amanhã à tarde realiza um jogo-treino contra o Ituano, no Centro de Treinamento do Jardim Eulina para dar ritmo aos jogadores que não vem tendo muitas oportunidades entre os titulares. A intenção do treinador é manter a mesma base diante do Fluminense, sábado, às 17 horas, no estádio Caio Martins, em Niterói. A novidade pode ser o aparecimento de Rodrigo no banco de reservas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.