Vadão assume comando do Guarani para o Paulistão

O técnico Vadão assumiu na tarde desta segunda-feira o comando do Guarani. E o primeiro objetivo do novo treinador é acelerar o processo de contratação de reforços, uma vez que o elenco terá que ser praticamente refeito para a disputa do Paulistão, cujo início acontece no dia 21 de janeiro.

AE, Agência Estado

05 de dezembro de 2011 | 18h57

"Sabemos das dificuldades e vamos tentar armar o time dentro até do nosso bom relacionamento dentro do futebol", explicou Vadão, lembrando que pode até utilizar alguns jogadores da base, "desde que eles estejam preparados, física e psicologicamente para serem lançados" no time principal.

Com 55 anos, Vadão já esteve no Guarani em outras ocasiões, sendo que seu melhor momento foi em 2009, quando conquistou o acesso para a divisão de elite do Campeonato Brasileiro. Na sequência, porém, ele quase acabou rebaixado durante a disputa do Campeonato Paulista da Série A2 de 2010.

Junto com Vadão, chegaram também o auxiliar Gersinho e o preparador físico Luís Fernando Goulart. E o novo diretor de futebol amador do clube será Paulo Endrighi - ele foi indicado pelo presidente Marcelo Mingone, que foi eleito na semana passada, após Leonel Martins Oliveira ser destituído do cargo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGuarani

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.