Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Vadão celebra descanso às titulares e pede seleção 'preparada' na fase final

Seleção feminina venceu a Bolívia por sonoros 7 a 0 nesta sexta-feira mesmo com time reserva

Estadão Conteúdo

14 de abril de 2018 | 12h10

Já classificada à segunda fase da Copa América Feminina, a seleção brasileira não teve nenhum susto - muito ao contrário - e goleou a Bolívia na última sexta-feira, por 7 a 0, mesmo atuando com as reservas. O resultado foi importante, mas o que mais agradou o técnico Vadão foi a possibilidade de descansar suas titulares para o momento decisivo da competição no Chile.

+ Mais notícias da seleção feminina de futebol

"Acho que o importante desse jogo foi o nível que as meninas que entraram mantiveram. Elas buscaram o gol a todo o momento, mantiveram o mesmo padrão das que vinham jogando. E isso é essencial, pois agora na fase final vamos precisa de todas. Todas precisam estar bem preparadas para quando for o momento de entrar em campo", disse.

Um dos destaques da partida foi a zagueira Érika, que assumiu a faixa de capitã e marcou dois gols. "É sempre muito bom jogar pela seleção. Fui feliz em fazer dois gols, mas acho que o melhor foi o resultado final. As meninas que entraram deram conta do recado e mostraram para o professor Vadão que estão à disposição para quando ele precisar", comentou.

A seleção encerrou a primeira fase na liderança do Grupo B, com 12 pontos em quatro partidas, 22 gols marcados e apenas um sofrido. Na segunda-feira, a seleção encara as donas da casa, as chilenas. Quinta-feira, o duelo é contra as argentinas. Na última rodada do quadrangular final, encara as colombianas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.