Vadão diz que deve poupar pendurados na Ponte Preta

Classificada de forma antecipada às quartas de final do Campeonato Paulista, mesmo com a derrota por 3 a 2 para o Palmeiras no último sábado, a Ponte Preta se despede da fase classificatória no próximo domingo, quando recebe o Mogi Mirim, no Estádio Moisés Lucarelli. E o técnico Vadão já antecipou que deverá poupar os jogadores pendurados.

AE, Agência Estado

17 de março de 2014 | 21h25

O lateral-direito Carleto, os volantes Bruno Silva e Ferrugem, o meia Adrianinho e o atacante Silvinho estão pendurados com dois cartões amarelos. Vadão disse que tem intenção de poupá-los para não correr o risco de perdê-los nas quartas de finais, mas tudo depende de uma reunião com o departamento de futebol.

"Os que estão com dois amarelos provavelmente serão poupados para o jogo contra o Santos. Digo que provavelmente porque essa é a minha opinião. Ainda vou ouvir o resto da comissão técnica, o departamento de futebol e a diretoria. Vamos pensar e fazer o que for melhor para o clube", afirmou Vadão.

Na vice-liderança do Grupo C, com 24 pontos, a Ponte foi beneficiada pela derrota do São Bernardo para o Bragantino, por 2 a 1. Nas quartas de finais, o clube campineiro enfrenta o líder Santos, na Vila Belmiro. A data e o horário ainda não foram definidos pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato PaulistaPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.