Vadão é primeira opção na Ponte Preta

O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, é a primeira opção para comandar a Ponte Preta na temporada de 2006. Depois de seis meses de trabalho no Verdy Tokyo, ele voltará ao Brasil na próxima terça-feira e será contactado pelos dirigentes campineiros. Vadão trabalhou no clube até meados de julho, quando recebeu uma proposta milionária do futebol japonês para tentar salvar o Verdy do rebaixamento. Não conseguiu. Com um esquema diferente, o 3-6-1, Vadão deixou a Ponte durante oito rodadas na liderança do Campeonato Brasileiro. ?Ainda não falamos sobre o assunto?, confirmou o procurador do técnico, o advogado Fernando César. Outra alternativa é Nelsinho Baptista, ex-Santos, que seria contactado caso o clube acerte uma parceria internacional, o que parece inviável no momento. Vágner Benazzi, atualmente no Joinville, também está na lista dos preferidos da diretoria. Na segunda-feira, dia 12, o presidente Sérgio Carnielli será reeleito para mais três anos de mandato. Ele está no cargo desde 1996.

Agencia Estado,

09 de dezembro de 2005 | 17h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.