Nicholas Kamm/AFP
Nicholas Kamm/AFP

Vadão exalta estreia no Mundial feminino, mas pede mais atenção

Técnico elogia o 'alto nível' mostrado pelas jogadoras brasileiras

Estadão Conteúdo

10 de junho de 2015 | 10h20

O técnico Vadão ficou satisfeito com o desempenho da seleção brasileira na estreia no Mundial feminino, na noite de terça-feira. Ele elogiou o "alto nível" demonstrado pelas brasileiras, mas reprovou a queda de rendimento nos minutos finais da vitória por 2 a 0 sobre a Coreia do Sul, em Montreal, no Canadá.

"Fizemos um bom jogo e esses três pontos são muito importantes para o nosso objetivo na primeira fase. Fazia tempo que não fazíamos uma partida de alto nível com a seleção feminina. Na maior parte dos nossos treinos, enfrentamos equipes masculinas", avaliou o treinador.

Vadão, porém, não deixou de apontar a desatenção da equipe no fim da partida. "Ainda temos que melhorar. Desaceleramos muito no final do jogo. E isso em alguns momentos poderia nos ter custado caro. A competição não permite esse tipo de comportamento. Temos que estar atentos durante toda a partida", considerou.

Apesar da queda da seleção nos minutos finais, Vadão apostou na vitória tranquila ao fazer testes na equipe. Ele aproveitou a vantagem para dar chance a novatas logo na estreia no Mundial.

"Como estávamos bem no jogo, achei que era o momento certo de colocar as jogadoras mais novas e sem experiência em Mundial. Géssica, Raquel e Rafaela tiveram tranquilidade e segurança para jogar", aprovou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.