Guarani/Site oficial
Guarani/Site oficial

Vadão mantém estilo de jogo do Guarani mesmo com desfalques

Técnico não vai ter o zagueiro Ewerton Páscoa e o zagueiro Geilton para jogo contra o Londrina

Estadão Conteúdo

26 de julho de 2017 | 18h38

Com mais duas baixas confirmadas - o volante Auremir suspenso com três cartões amarelos e o zagueiro Ewerton Páscoa, machucado - o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, já avisou que embora tenha que mudar peças, não pretende mudar a forma de o time jogar. Para manter a vice-liderança, com 28 pontos, o time campineiro deve ter a volta do zagueiro Geilton na defesa e a entrada do volante Denner no meio-campo.

"Nós já temos uma forma de jogar, que é tocando a bola desde a defesa e não vamos mudar este estilo", explicou Vadão. Dentro deste raciocínio, já dá até para arriscar as possíveis novidades para o jogo contra o Londrina, sábado à tarde, no Brinco de Ouro, pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com problemas médicos, três jogadores foram poupados dos treinos desta semana: Richarlison e Lenon apresentam virose e Fumagalli sofre com um resfriado. Mas eles devem ter plenas condições de recuperação para enfrentar o Londrina.

Na tarde desta quarta-feira, houve um coletivo contra o time sub-20 e com a participação do atacante Renteria, já em boa forma física. Ele só depende da sua inscrição na CBF para ser opção à comissão técnica. O atacante recém-contratado Bruno Mendes, de 22 anos, está sem ritmo de jogo e vai se preparar de forma adequada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGuarani

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.