Vadão prega humildade na Ponte Preta

O fato de enfrentar o São Caetano, no próximo sábado, no Estádio Anacleto Campanella, pela 11ª rodada no Campeonato Brasileiro, não tira a confiança do elenco da Ponte Preta, que busca sua sexta vitória consecutiva, além da manutenção da liderança isolada. Apesar do clima de otimismo, O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, iniciou a semana pregando o mesmo discurso das últimas rodadas: humildade. "É evidente que estamos confiantes em mais um resultado positivo, mas temos que manter os pés no chão, pois vamos enfrentar um adversário de alto nível", filosofou o treinador. O esquema 4-5-1 será mantido, desta vez com apenas uma novidade. O lateral Rissut, que estava suspenso, retorna na vaga de Luciano Baiano. Nesta quinta-feira, os pontepretanos receberam uma notícia desagradável. O atacante Edílson, contratado recentemente pelo São Caetano, foi regularizado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e já teve sua estréia confirmada. "Trata-se de um excepcional jogador, o que reforça ainda mais minha tese de mantermos os pés no chão", comentou Vadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.