Vadão promete Atlético-PR ofensivo

Precisando de uma vitória pela diferença mínima de dois gols, o Atlético Paranaense parte com tudo para cima do Sport, nesta quarta-feira, às 21h40, na Ilha do Retiro, em Recife (PE). Na primeira partida da 2ª fase da Copa do Brasil, o time paranaense foi derrotado por 3 a 2. O Atlético somente se classifica com diferença de um gol, se conseguir marcar pelo menos quatro.Para complicar as pretensões paranaenses, o time tem um retrospecto não favorável. Das oito partidas disputadas na Ilha do Retiro, empatou quatro e perdeu as outras quatro. "É complicado, mas não impossível", diz o técnico Vadão, que não poderá contar com o meia Kléberson, convocado para enfrentar Portugal pela seleção brasileira. Em seu lugar entra Fabrício.Como precisa de gols, Vadão também muda o estilo do time atuar, retirando um dos zagueiros para a entrada do meia Rodrigo ou do volante Leomar, com mais possibilidades para o primeiro atleta. "Não é nada diferente do que venho fazendo durante as partidas, só muda o posicionamento", ameniza o técnico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.