Vadão promete seguir time B do Atlético-PR no Estadual

O técnico do Atlético-PR, Oswaldo Alvarez, prometeu acompanhar de perto o desempenho da equipe B na disputa do Campeonato Paranaense, que começa neste domingo. O clube enfrenta o J. Malucelli, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. "Participarei normalmente de tudo, vou assistir à preleção e vou com o ônibus da delegação para o jogo", prometeu o treinador, que indicou Ivo Secchi, técnico com vários trabalhos no interior paulista, para comandar o time B. "Quero deixar bem claro ao torcedor que não estamos fazendo uma divisão de grupo e que não será apenas essa equipe que jogará o Paranaense. Todos os jogadores jogarão o campeonato. Com freqüência haverá mudanças na equipe, porque todos que estão treinando jogarão", prometeu. "Estamos aproveitando para colocar alguns jogadores jovens que acreditamos que farão o futuro do Atlético", concluiu o comandante, que elegeu como prioridade vencer a Copa do Brasil e levar o time de volta à Libertadores. Um desses jovens talentos é o goleiro Vinícius, já escalado por Secchi para o jogo de domingo. Ele não teme o risco de entrar em campo no início da temporada, sem ritmo de jogo. "Tivemos pouco tempo de atividades e será difícil no começo, mas temos de superar tudo isso", analisou o jogador, de 21 anos. "O torcedor pode esperar muito empenho, determinação e vontade. Isso não faltará. Ainda não estamos 100% na parte física, na tática e também no entrosamento, mas temos muita vontade de vencer o J. Malucelli", assegurou o goleiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.