Vadão tenta tirar ponto no Pacaembu

"Enfrentar o Corinthians é sempre um evento especial. Só espero não perder". A frase do técnico Vadão retrata bem o ânimo da Ponte Preta para o jogo desta quarta-feira às 20h30, no Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Paulista. O mau início na competição deixou o time numa situação delicada, na zona do rebaixamento, em 17º lugar, com apenas sete pontos.A apreensão tem acompanhado o elenco nos últimos jogos e deve aumentar ainda mais diante do rival. Vadão espera melhorar clima. "Precisamos de uma vitória para ganhar moral. Esta é uma boa chance e vou passar isso para meus jogadores", prometeu o técnico, que deixou o período da noite reservado para a exibição de um vídeo da vitória corintiana sobre o Rio Branco, por 3 a 1, também no Pacaembu.Pela manhã, Vadão comandou um treino tático, seguido de coletivo, onde procurou mostrar ao grupo a necessidade de se "jogar mais em bloco, tanto na parte defensiva como ofensiva". Ele não vai alterar o esquema 3-5-2, única maneira que conseguiu para aproveitar o experiente Galeano, ex-volante do Palmeiras. Mesmo sabendo que o argentino Carlos Tevez não vai atuar, o técnico não se mostrava preocupado com a marcação. "Dentro do sistema com três zagueiros, dois pegam os atacantes e um fica na sobra. Só não definimos ainda se cada zagueiro vai individualizar a marcação, por um lado ou outro".O time sofreu várias mudanças. Na defesa, o zagueiro Rafael Santos cumpre suspensão por três cartões amarelos e será substituído por Luís Carlos. No meio-campo, como esperado, Danilo vai ocupar a vaga deixada por Harison, que sofreu uma lesão muscular e ficará três semanas afastado. "Será uma grande responsabilidade, mas estou animado", afirmou Danilo que substituirá o artilheiro do time. A dúvida é sobre a escalação do segundo volante, uma vez que Henrique está suspenso, e os dois reservas, Romeu e Ângelo, estão machucados. A única opção defensiva é o jovem Carlinhos. A outra alternativa, mais ofensiva, é o veterano meia Lindomar.Dois reforços - A diretoria fechou o elenco para o Paulistão, nesta terça-feira, quando apresentou o lateral-esquerdo Bruno, vindo do Bahia, e acertou contrato com o volante Luciano Santos, ex-Grêmio, que já atuou em vários clubes paulistas como União Barbarense e Portuguesa de Desportos. Bruno tinha trabalhado com Vadão no Bahia, enquanto Luciano Santos também teve o comando do técnico no Atlético Paranaense. O novo reforço deve se apresentar nesta quarta-feira no Moisés Lucarelli.

Agencia Estado,

22 de fevereiro de 2005 | 18h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.