Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Vagas em aberto acirram disputas internas no São Paulo

Dorival aproveita as duas semanas antes do jogo contra a Ponte para tentar dar uma nova cara ao São Paulo

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

05 de setembro de 2017 | 11h00

As duas semanas de preparação para a "decisiva" partida contra a Ponte Preta, como definiu Petros, ainda não terminaram e Dorival Junior está aproveitando o tempo para tentar dar uma nova cara ao São Paulo. O treinador está fazendo testes em todos os setores do time, que pode vir a campo com até quatro novidades em relação ao grupo que começou o clássico com o Palmeiras.

A principal dúvida para o jogo de sábado está na zaga. Por causa da suspensão de Arboleda, que acumulou três cartões amarelos, Dorival precisa definir quem vai substituí-lo ao lado de Rodrigo Caio. Sem Douglas, que será emprestado à Chapecoense, restam três opções ao treinador: Lugano, Aderllan e Bruno Alves.

Nos treinos, Dorival deixou Lugano fixo e fez um revezamento da segunda vaga entre os outros dois, mas isso não indica que o uruguaio é o favorito para substituir Arboleda. "Todos estão na disputa por essa vaga", resumiu Dorival.

Ainda no setor defensivo, outra provável novidade contra a Ponte será Éder Militão na lateral direita, no lugar de Buffarini. A aposta agrada Dorival, que vem mantendo o jogador na posição desde a semana passada. O retorno de Junior Tavares, recuperado de dores nas costas, dá opção a Dorival para a lateral-esquerda, onde vem jogando Edimar.

No setor ofensivo, o grande mistério é a vaga de Cueva, ausente nos treinos da semana por estar defendendo sua seleção nacional nas Eliminatórias da Copa - assim como Rodrigo Caio e Arboleda. O jovem Lucas Fernandes vem arrancando elogios dos colegas e da comissão técnica por seu desempenho nos treinos. Ele já saiu do banco para substituir Cueva nos dois últimos jogos do São Paulo e pode carimbar seu posto como titular contra a Ponte.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.