Vágner Love de olho na concorrência em 2004

Vágner Love é hoje a referência do Palmeiras. Das últimas quatro competições que disputou (Copa BH de Juniores de 2002, Campeonato Paulista de Juniores de 2002, Série B de 2003 e Copa São Paulo de Juniores de 2003), marcou 67 gols e só não terminou como artilheiro a última delas. Segundo o jogador, o segredo não está somente na preparação física e técnica, mas na maneira de encarar os desafios. "Eu sempre confiei em mim. Por isso, as coisas estão acontecendo com naturalidade na minha vida. No entanto, tenho certeza que esse ano a concorrência será muito maior", afirmou Vágner Love.Além das dificuldades que o Palmeiras vai encontrar, enfrentando adversários muito mais difíceis em relação aos da Série B, o atacante aponta pelo menos dois adversários diretos na luta pela artilharia. "O Luís Fabiano e o Robgol são nomes de respeito. O Luís, por exemplo, é muito forte, sabe fazer gols. Mas, dentro da área, ninguém é melhor do que o Romário", disse.O atacante também acredita que as chances de gol que terá serão cada vez menores. "Os zagueiros já sabem como eu jogo e não vão mais me deixar espaços. Mas eu acredito que este ano será até melhor do que o que passou. A motivação do grupo será diferente."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.