Celio Messias
Celio Messias

Vágner Love jogará ao lado de Guerrero no Corinthians

Dupla formará ataque da equipe contra Mogi Mirim

O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2015 | 19h07

Vágner Love fará neste domingo, contra o Mogi Mirim, no Itaquerão, pela sétima rodada do Campeonato Paulista, o seu primeiro jogo ao lado de Guerrero no Corinthians. Como Tite vai poupar vários jogadores para a partida contra o San Lorenzo, quarta-feira, em Buenos Aires, pela Libertadores, os dois atacantes serão titulares juntos pela primeira vez.

Love e Guerrero estiveram juntos apenas 20 minutos, na vitória por 2 a 1 sobre o Botafogo, pela quinta rodada do Estadual. Foi o estreia de Love, que saiu do banco aos 28 minutos do segundo tempo para substituir Luciano. Agora que terá a chance de jogar mais tempo ao lado do peruano, o atacante já vislumbra uma parceria de sucesso, assim como a que teve com Adriano Imperador, em 2010, no Flamengo. Naquele ano, o ataque do Rubro-Negro foi apelidado de Império do Amor.


“Fiz dupla com Adriano no Flamengo. Ele ficava fixo e eu procurava rodar. Quando há jogadores inteligentes no elenco, tem como jogar junto. Vim para somar. Não vim para substituir o Guerrero. Espero que ele fique, porque é um grande jogador”, disse Love em entrevista coletiva no CT do Parque Ecológico.

Jogando ao lado do Imperador, Love foi artilheiro do Campeonato Carioca de 2010, com 15 gols. Pelo Corinthians, ele ainda não balançou as redes e admite que está ansioso. “Estou na expectativa pelo primeiro gol, mas sei que uma hora ele vai sair. Antes do treino, Tite conversou sobre posicionamento comigo e Guerrero. Precisamos recompor a marcação, pelo menos um de nós marcando o volante para evitar a saída de bola do adversário”, disse.

Contra o Linense, quarta-feira, Love fez o seu primeiro jogo como titular e ficou 81 minutos em campo – saiu justamente para a entrada de Guerrero. Hoje, o atacante espera ter fôlego para jogar mais. “Posso colocar que estou com uns 80% da minha condição física, os outros 20% são do ritmo de jogo e detalhes que faltam para tomar decisões mais rápidas dentro do jogo”.

O Corinthians deve enfrentar o Mogi Mirim com Cássio, Edilson, Yago, Edu Dracena e Mendoza; Petros; Jadson, Cristian, Vagner Love e Malcom; Guerrero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.