Love minimiza erros de árbitros e diz que só pensa em futebol

Atacante do Corinthians se envolveu em lance polêmico no clássico

RAPHAEL RAMOS, Estadão Conteúdo

24 de setembro de 2015 | 19h20

Envolvido na maior polêmica da última rodada do Campeonato Brasileiro ao sofrer pênalti de Zeca no clássico do último domingo contra o Santos, o atacante Vagner Love minimizou os erros da arbitragem na competição. No lance, o árbitro Flávio Rodrigues Guerra só marcou a penalidade após ser avisado pelo auxiliar e acabou expulsando o zagueiro David Braz por suposta reclamação. Já Zeca não foi advertido nem com cartão amarelo.

"Enquanto os outros ficam preocupados com a arbitragem, o Corinthians não pensa nisso. Temos de ter a cabeça no jogo, voltada apenas para jogar futebol. Erros acontecem com todos os times, tanto a favor como contra", disse o atacante em entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT do Parque Ecológico do Tietê, na zona leste de São Paulo.

O Corinthians lidera o Brasileirão com 57 pontos, cinco a mais do que o segundo colocado, o Atlético Mineiro. A diretoria do clube de Belo Horizonte tem reclamado constantemente da arbitragem e o técnico Levir Culpi chegou a afirmar que o campeonato estava "manchado".

Neste domingo, o Atlético Mineiro enfrenta o Joinville, em Santa Catarina, e a CBF escalou o paulista Raphael Claus para apitar o jogo. O fato de o árbitro fazer parte do quadro da Federação Paulista de Futebol (FPF) provocou nova polêmica em Belo Horizonte. Vagner Love, mais uma vez, minimizou o caso. "Cabe à CBF tomar a decisão de qual árbitro vai escalar e não aos jogadores ficarem pensando nisso", disse.

O Corinthians enfrenta o Figueirense também neste domingo, em Santa Catarina. O time deve ser o mesmo que ganhou do Santos por 2 a 0. O meia Renato Augusto levou uma pancada no tornozelo direito no treinamento desta quinta-feira, mas não preocupa. Com dores musculares na panturrilha direita, o volante Cristian não treinou e pode ser cortado da viagem a Florianópolis.

Assim, o técnico Tite deve escalar o Corinthians com: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Yago; Ralf, Elias, Jadson e Renato Augusto; Malcom e Vagner Love.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansVagner Love

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.