Vágner Mancini descarta vingança contra Santos

Demitido pelo Santos em julho, o técnico Vágner Mancini reencontra seu antigo clube nesta segunda-feira. Agora no comando do Vitória, ele descarta o sentimento de vingança no jogo que acontece a partir das 16 horas, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 29ª rodada do Brasileirão.

ELIANA LIMA, Agência Estado

12 de outubro de 2009 | 09h02

Veja também:

linkSonhando alto, Santos reencontra Vágner Mancini

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"É claro que a minha determinação é ganhar", avisou Vágner Mancini, garantindo que um eventual resultado positivo não terá sabor especial por ser em cima do Santos. A expectativa dele é manter o Vitória na briga pela vaga na Libertadores de 2010 - está em nono lugar, com 40 pontos.

No jogo desta segunda-feira, a equipe baiana não deverá contar com o meia Leandro Domingues, que se recupera de contusão muscular. Apesar de perder uma de suas principais armas, Vágner Mancini mantém a confiança. "Contamos com outros jogadores de qualidade no meio-de-campo", disse o técnico.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroVitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.