Vitor Silva/SSPress
Vitor Silva/SSPress

Vagner Mancini projeta 'jogo de 18 pontos' contra o Palmeiras

Técnico classificou o duelo dessa forma pela possibilidade de a equipe crescer na classificação do Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

07 de outubro de 2014 | 18h37

Preocupado com a situação do Botafogo na tabela, Vagner Mancini valorizou o confronto com o Palmeiras, nesta quarta-feira, no Maracanã. O técnico classificou o duelo como "jogo de 18 pontos", em vez dos tradicionais "seis pontos", pela possibilidade de a equipe crescer na classificação do Brasileirão a partir de sua própria pontuação e também em razão da ausência de pontos do rival.

"Muita gente diz que o jogo contra o Palmeiras vale seis pontos, mas eu acho que é um jogo de 18 pontos. Nas nossas contas, o Botafogo vai ter que somar mais 18 pontos daqui até o final do campeonato para sair do rebaixamento, se não for um pouco mais do que isso. Se nossa projeção é de 18 pontos, então cada vitória representa 18 pontos", afirmou.

O Botafogo ocupa no momento a 19.ª colocação da tabela, com 26 pontos. Logo, pelas contas de Mancini, o time carioca escaparia da queda se alcançar os 44 - tradicionalmente os clubes almejam a meta de 45 pontos para fugir do rebaixamento, embora o Fluminense tenha terminado o Brasileirão de 2013, antes da decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, com 46 pontos.

O confronto desta quarta é direto na tentativa de deixar a degola porque o Palmeiras tem 28 e deixou a zona de perigo somente na rodada passada. "Nosso adversário é um rival direto, temos que estudar o Palmeiras, ter a capacidade de jogar melhor e vencer dentro de casa", projetou Mancini.

Para o duelo, o treinador terá algumas mudanças na equipe, por causa de desfalques. Mas ele só confirma uma alteração: Helton Leite no lugar de Jefferson, que está com a seleção brasileira. 

"Acho que no momento não é a hora de mudar, há a necessidade de passar a confiança em dose maior para apresentarmos novamente um bom futebol e as coisas darem certo. A dúvida vai existir com Fabiano ou Wallyson", disse, referindo-se ao setor do meio-campo. "Amanhã [quarta] vamos decidir a equipe. Mas o grosso, 90%, vai ser a que enfrentou o Vitória."

Desta forma, o Botafogo deve ir a campo escalado com Helton Leite; Régis, Matheus Menezes, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Gabriel, Fabiano (Wallyson) e Ramírez; Rogério e Zeballos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.