Divulgação
Divulgação

Vagner Mancini quer que Botafogo leve todos os jogos a Manaus

Equipe alvinegra bate o Flamengo por 1 a 0 e repete o resultado do jogo diante do Corinthians, mas segue na zona de rebaixamento

Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2014 | 11h01

Dois jogos em Manaus e duas vitórias. Os mais de 4 mil quilômetros que separam o Rio à capital amazonense estão compensando. No último sábado, 25, a equipe alvinegra venceu o clássico contra o Flamengo por 1 a 0 e repetiu o resultado do jogo diante do Corinthians, que também mandou na Arena Amazônia. No que dependesse do técnico Vagner Mancini, seu time só jogaria em Manaus até o fim do Brasileirão.

"Sinceramente, por mim o Botafogo mandava aqui todos os seus próximos jogos como mandante. Porque além de termos um estádio maravilhoso e que nos dá todas as condições, há o calor do povo de Manaus, a torcida que vem e incentiva e também o aspecto de nos sentirmos bem. Essa tem sido a segunda casa do Botafogo e não tem por que não dizer isso", disse o treinador.

O Botafogo tem jogado fora do Rio porque teme que a renda de seus jogos no Maracanã sejam penhoradas para que seja paga uma dívida do clube com Joel Santana. O clássico na Arena Amazônia teve uma renda bruta de mais de R$ 4 milhões, mas boa parte deste dinheiro ficará com a empresa que intermediou a negociação e garantiu uma cota fixa ao Botafogo.

Sobre o jogo em si, Mancini elogiou a postura do seu time no clássico e cobrou que seus jogadores repitam, nas próximas partidas, a atuação diante do arquirrival Flamengo.

"Além da vitória, vencer o Flamengo enche o elenco de confiança e o clube de maneira geral. Faz a torcida voltar a acreditar na equipe. Quando você necessita de pontos, é fundamental a entrega dos jogadores. Quando você pede uma coisa, ela é executada e vem a vitória, tudo fica mais fácil. O Botafogo tem que jogar sempre dessa forma, não pode deixar cair em nenhum momento em termos de organização para ter êxito daqui até o fim."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.