Vagner Mancini vê 'decisão' e pode usar 3 volantes no Botafogo

Vagner Mancini vê 'decisão' e pode usar 3 volantes no Botafogo

Técnico afirma que a única opção do time visitante é ganhar a partida contra o Coritiba, evitando retorno à 'zona desconfortável'

Estadão Conteúdo

21 de outubro de 2014 | 16h01

O técnico Vagner Mancini destacou nesta terça-feira a importância do duelo entre Botafogo e Coritiba, nesta quarta-feira, no Couto Pereira, e destacou que o seu time vai encarar a partida, válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, como uma decisão, sabendo que precisa da vitória, mesmo que atue como visitante, em confronto direto na luta contra o rebaixamento.

"Eu passo para eles que é um jogo de matar ou matar. Morrer não faz parte do nosso vocabulário. Se vier uma derrota nós voltamos a ocupar novamente uma zona desconfortável. Subimos de colocação porque de seis pontos nós fizemos quatro. Se fizermos quatro pontos nesses dois jogos, ficaremos muito próximos de sair da zona, além de ganhar moral para o restante dos jogos", disse.

Tanto Botafogo como Coritiba estão na zona de rebaixamento do Brasileirão, com o time carioca em 17º lugar, com 30 pontos, um a mais do que os paranaense, na lanterna do torneio. "O ideal para nós é vencer. A vitória tem que vir, mas é óbvio que o empate com o último colocado faz com que mantenhamos a distância dele", afirmou Mancini.

O treinador destacou a importância da volta de André Bahia ao Botafogo, que formará a dupla de zaga com Dankler. "Eu não fico surpreso de saber que o André Bahia tem um peso no grupo. Ele vive dando exemplo no dia a dia dentro e fora de campo. Antes da saída do Dória já tinha mostrado que podia acrescentar. É um cara simples e muito identificado com esse momento do Botafogo, ele merece", comentou.

Assim, a sua única dúvida é se escala o Botafogo com três volantes - nesse caso, Bolatti ficaria com a vaga de Cachito Ramírez. "Ainda não tenho o time definido. Aquilo que eu fiz no campo é uma prévia do que eu vou montar amanhã. O Gabriel e o Airton vão jogar, pode ser que tenha a entrada de mais algum volante. O Carlos Alberto não tem chance nenhuma de iniciar o jogo", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.