Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vágner tem saudade dos gols da Série B

Eles voltaram. E com fome de bola. Depois de uma temporada na seleção brasileira que conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de São Domingos, o atacante Vágner e o meia Diego Souza voltaram ao time do Palmeiras. A chegada da dupla aumentou visivelmente o entusiasmo do grupo, que, sábado, enfrenta o União São João e espera não só se manter na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, como "deslanchar" na competição. "Já estou com saudades de marcar gol na Série B", admitiu Vágner, com um sorriso maroto. O atacante disse não saber se será titular no próximo jogo, mas garantiu que, apesar da estrutura de trabalho ruim da República Dominicana, o condicionamento físico e o ritmo de jogo foram mantidos. "Acho até que a gente se cansava mais por causa do calor." Outro motivo para o entusiasmo de Vágner é a perspectiva de jogar sábado com dois companheiros que conhece desde as categorias de base: Diego Souza no meio-de-campo - que deve substituir Pedrinho, ainda em recuperação de contusão - e Edmílson no ataque. "Se os dois jogarem também acho que vai sair boa coisa", comentou o atacante. Diego Souza acredita que voltou valorizado de São Domingos, mesmo com a prata. "Se tivéssemos trazido o ouro teria sido 100%." O jogador diz ter voltado mais amadurecido da República Dominicana, mas foi mais comedido em relação à possibilidade de ser titular. "Vou jogar? Nem estou sabendo", disse o meia. "Mas se puder, é claro que eu quero", emendou. Bernardinho - Da experiência no Pan, a dupla mostrou ter se impressionado com o técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Bernardinho. "Ele nos avisou que os argentinos iam nos provocar e que tínhamos de manter a calma", lembrou Diego. "Não esqueço de ele ter dito que é preciso lutar até o final, mesmo que se perca o jogo. Lembrei muito disso no jogo contra a Argentina", completou Vágner. Hoje, a equipe participou de um jogo treino contra a equipe do Cene (MS), que se prepara para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. O resultado foi um empate por 2 a 2, com dois gols de André para o Palmeiras e dois de Edmílson para o time sul-matogrossense. Despedida? - Outro assunto que agitou a Academia foram as informações, não confirmadas pela diretoria do Palmeiras, de que o lateral Lúcio e o volante Magrão podem se transferir para o futebol italiano até o dia 30. O primeiro para o Brescia e o segundo para a Udinese. Nos dois casos, os jogadores confirmaram sondagens, mas deixaram claro que só saem do Palmeiras por uma proposta irrecusável tanto para o clube quanto para eles próprios. "Tenho de ter respeito por uma equipe que me acolheu tão bem", disse Lúcio.

Agencia Estado,

20 de agosto de 2003 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.